Thursday, December 06, 2001


GATÃO (06/12)

PISTA DE SKATE

mesmo com grande movimento, principalmente de crianças (barracas de sorvete), a escada da banca da Praça São Pedro tornou-se um pista de skate.
Vários os feridos. Pol''icia e fiscalização já.


POSTOS DE SAÚDE

Será verdade o que diz o ver Carlinhos, medidores de pressão velhos e comprometidos continuam a ser usados.
Quem será o responsável? A diferença na medição é de mais de 02.

CRECHE CRIMINOSA
Uma criança foi espancada. Há boletim de ocorrência. O ver Mota fala que a criança foi agredida com tubo de PVC. E a agressora não foi afastada.

PALAVRÕES LEGISLATIVOS

seu Bosta, merda, não mexo com você porque não mexo em caca.
Foi dez minutos de discussão na saída da sesão.

CESTAS BÁSICAS
Os produtos vieram diferentes.....
Quem se punir ou não os responsáveis??

CHORADEIRA DE ASSESSORES

SE chorar resolvesse os problemas, criança não ficaria doente nem morreria.
Não adianta apenas chorar o leite derramado, Não podemos é desperdiçar o leite.

ATÉ QUE ENFIM

Os serviços realizados pelo Julião nas vilas é digno do elogio de todos.
Até que enfim apareceu alguém que sabe trabalhar.

ATÉ QUE ENFIM (II)
Vamos esperar que os serviços venha também para o centro
Asfaltamento de algumas e tapa buracos em todas.

TELEVISÃO SEM EXPLICAÇÃO

cada dia pior e o presidente da comissão é compadre do prefeito. imagine se não fosse.
Eles tem parabólica e então não precisam arrumar. Os pobres que vão prá.... ... votar na outra eleição.

JIPEIROS RECLAMANDO
A choradeira foi total, certos jipeiros de Itapeva até voltaram embora.
As provas foram uma decepção. A trilha uma aberração.
Falta comando, falta organização.
Quem foi o responsável??? filho feio não tem pai.

MENORES AO VOLANTE

É grande o número de menores dirigindo veículos.
é um perigo. fiscalização....


E OS CANDIDATOS

É uma aberração termos mais de um candidato.
Quem não tiver condições tem que se enxergar....

Monday, December 03, 2001


Tique Taque (6/12)

A POLÊMICA DOS CAMINHÕES
A polêmica mais comentada esta semana, depois do espancamento da criança, é sobre a regulamentação para carga e descarga em nosso município.
Muita água vai começar a rolar por baixo da ponte e pelos comentários é mais um decreto que vai esquentar a cabeça do pessoal do Executivo. Algumas pessoas já garantem que não será colocado em prática.
Nehir comenta a respeito dos caminhões e carretas que necessitam trafegar o dia todo durante as safras para a Cooperativa de Arapoti e também para a Colaso. Será que as firmas terão que ir embora de Itararé. Em certas horas, caminhões com mais de 4 toneladas não poderão trafegar pela Paulo Ferreira, e como ficam as indústrias de papel???
O vereador Zéca também está preocupado com o fato. "Não é só a COFESA que será prejudicada, serão quase todos os comerciantes da cidade. O caminhão do matadouro sempre atrasa e se passar das 10:00 horas terá que deixar a carne dentro do caminhão sem refrigeração para ser entregue apenas no outro dia."
Quem montou este decreto está devendo explicações a centenas de comerciantes que todos os dias recebem mercadorias em seus estabelecimentos. A briga será maior que a do horário noturno.
Caminhões de tora e os que não fazem entregas no comércio devem ser proibidos de circularem pela cidade. Agora prejudicar o nosso já "quebrado" comércio não é atitudes das mais inteligentes.


CHOCO DANDO SHOW NA BARREIRA
O projeto do Arquiteto Popular e artista Albertino Santana, mais conhecido por Choco, para o nosso ponto turístico mais conhecido, A Barreira, é digno dos maiores elogios. O início dos trabalhos mostra que em poucos meses teremos um destaque, um novo cartão postal.
Realmente nossa Barreira há vários anos carecia de um trabalho aprofundado. Além dos que gostam do turismo ecológico, poderia-se dar ênfase ao turismo religioso. Muitos ônibus voltariam a procurar o local.
Poderíamos dar início ao caminho verde de Itararé. Uma pista para caminhantes e ciclistas que iniciaria na ponte do trem e preliminarmente viria até até o centro de eventos. Com alguns moradores do local explorando alguns quiosques padronizados, e ficariam responsáveis pela conservação do trajeto.
Posteriormente esse caminho verde continuaria até o Rio Verde. Uma obra barata e de grande vulto. A caminhada está entrando no nosso dia a dia e terá cada vez mais adeptos. Com um trabalho desses, muita gente viria para nossa cidade para curtir essa trilha. Vários empregos seriam criados.

EXECUTIVO ABERTO

Nunca vimos em Itararé um Executivo tão aberto quanto o atual. O prefeito já foi várias vezes ao Legislativa fazer explicações. No último dia 30/11 foi realizado uma grande reunião com o secretariado da atual adiministração. Todos secretários se sairam muito bem.
Por alguns desencontros a oposição não se fez presente. Foi uma falha dos organizadores a falta de convite e o aceito de cada um. Outra falha foi poder falar a vontade. Alguns companheiros reclamaram e ficaram até com sono. Um cochilou.
Por a oposição não estar presente, o prefeito já se ofereceu para fazer outra reunião com toda a Câmara. Realmente está demonstrando que não tem o que temer do Legislativo. Aí já é um fato positivo. Em muitos lugares os prefeitos correm do Legislativo. Vamos esperar que seja assim os 04 anos.


PING PONG (07/12)
SESSÃO E SAÍDA TUMULTUADAS
A 47 Sessão Ordinária do dia 03/12/2001 iniciou tranqüila, apenas com uma denúncia de uma criança de 05 anos ter sido espancada por uma professora na creche. No meio houve um forte atrito de Português com Nehir e para finalizar uma violentíssima discussão entre Guéio e Mota. Com o último abandonando a sessão sem o término da mesma.

Mota inicia na tribuna: "Nós vereadores somos invioláveis. É um afronta ao vereadores a leitura de ofícios que espõe a vida particular de um colega, como foi no caso do Dude. Esta casa não deveria ter aceito a carta do radialista, que me colocou como sendo um bandido. Se o presidente tivesse consultado não teria cometido tal barbaridade."
Guéio faz aparte: "V Ex atadou o radialista e não é porque temos imunidade que podemos ficar xingando os outros de antas, burros, ignorantes, analfabetos, se não tem nada a temer, não pode reclamar."

Zétão fala:"Todos só querem tirar da prefeitura e não vamos aguentar. O prefeito tem um coração grande e vai rever o caso do funcionalismo. Temos que receber o dinheiro do seguro obrigatório para a Santa Casa. O que será que está impedindo nós de receber?? Temos que tomar uma medida drástica com o espancamento dessa criança. Tem merenda sobrando até para formatura e diretora nenhuma pode ficar tirando dinheiro dos pobrezinhos. Eu apóio e acredito no prefeito João Fadel."
Tito solta a lingua: "O povo pode pensar que o Tito não não fala nada, eu não critico ninguém. Levo a reclamação direto para o secretário. Quero agradecer o Lineo Ferreira pelo trabalho com o Banco da Terra."
Rubens fala: O prefeito poderia fazer um parcelamento de até 50 meses para os que devem asfalto e meio-fio. Os responsáveis pela cesta básica devem dar explicações. O trabalho da Novo Horizonte foi muito bem feito, o Julião tem competência, nunca em Itararé tinha sido feito um serviço desses. Nehir com um decreto baixou os salários dos funcionários em 1983."

Nehir fala: "O Rubens faltou com a verdade. Ele deve se basear em fatos verdadeiros. Em 1982 em um projeto irregular Floriano aumentou salários, eu corrigi. Que fale a verdade e traga as provas eu não aceito falsidade. Compromete minha carreira limpa na política."
Cesar Perúcio comenta: "Quero parabenizar o prefeito e os secretários pela grande reunião. Também agradecer ao Julião e ao Castelar. O Boca no Trombone recebeu em Sengés o diploma de melhor programa radiofônico do ano."

Carlinhos confirma o espancamento: "Quero que levem ao prefeito, dizem que não sabem da denúncia, mas foi camuflado, vamos investigar. A reunião do dia 30/11 foi do diretório do PSDB. Tem aparelhos de medir pressão muito velhos e quebrados, em um deu 14 p 10 e outro novo 12 p 08. É um descaso com a saúde. Um guarda da segurança remendou um com esparadrapo. Uma coisa horrorosa, eu ví e tenho testemunha."

Mota faz duas denúncias: "Uma professora de creche, que não foi afastada, espancou uma criança de 05 anos com um tubo de PVC. Qualquer um de nós que visse a cena partiria para cima da agressora, que machucou a criança. Outra foi cobrar das crianças do Caetano parcelas mensais para fazer a formatura. EStou com documento assinado por duas nutricionistas que afirmam estar sobrando merenda até para as formaturas. Que levem tudo ao prefeito. Tem que haver punição."
Guéio termina a sessão: "O convite para a reunião eu fiz para todos os vereadores, seria o momento oportuno para exporem suas reclamações ao chefe do Executivo. O prefeito vai fazer outra. É impossível uma administração acertar tudo. O vereador Mota não aceita a verdade, por falta de educação já abandonou o plenário é peculiar suas atitudes. Alguma atitudes de fora estão comprometendo o Poder Legislativo."